quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Uruguaianense faz bonito no Enart

Daiany Mossi

Santa Cruz do Sul recebeu no último fim de semana, mais uma edição do Encontro de Arte e Tradição, o Enart 2016. Todos os dançarinos que pisaram no tablado do Ginásio Poliesportivo, no Parque da Oktoberfest, passaram horas seguidas ensaiando, noites mal dormidas, além de ficarem com os pés doendo de tanto dançar. A certeza é que para aqueles que têm amor por suas tradições, todos esses ‘sacríficios’ têm seus valores.
Uruguaiana foi representada no evento pelos CTGs Patrulha do Oeste e Tríplice Aliança. Na Dança de Salão, o Patrulha obteve a 18ª colocação.
Já o caiteiro uruguaianense Cléverson Alfaro, sagrou-se campeão na modalidade gaita piano e conquistou o 3º lugar na gaita de botão mais de oito baixos. Cléverson representou o CTG Tríplice Aliança.

Unipampa participa de seminário sobre internacionalização das Universidades Federais

Por Franceli Couto Jorge

Nos dias 23 e 24 de novembro, o reitor da Universidade Federal do Pampa (Unipampa), Marco Antonio Fontoura Hansen, participou de atividades promovidas pela Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), em Brasília.
Na quarta-feira, Hansen e o diretor de Assuntos Estratégicos e de Relações Institucionais e Internacionais, Hélvio Rech, estiveram no Seminário “Por que, para que e como internacionalizar a Universidade Federal?”, organizado pela Andifes.
A programação contou com a apresentação do novo formato do programa Ciências Sem Fronteiras, pelo presidente da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), Abílio Neves. Na sequência, a mesa composta pelo reitor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Roberto Leher, e pelos professores Carlos Alexandre Neto, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), e Targino Araújo, da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), debateu Internacionalização: Universidade sem Fronteiras.
Ainda pela manhã, os Colégios de Pró-Reitores de Graduação (Cograd), de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação (Copropi) e de Extensão (Coex) das Instituições Federais de Ensino Superior (IFES) abordaram a Internacionalização do Ensino, Pesquisa e Extensão. Após a explanação de cada tema, foi aberto espaço para debate entre os participantes.
À tarde, a mesa Experiências do Ciências sem Fronteiras e Desafios foi conduzida pelos reitores da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Jaime Ramires; da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Anísio Brasileiro; e pela reitora da Universidade Federal do Amapá (Unifap), Eliane Superti. A última atividade do dia apresentou a Institucionalização das Relações Internacionais nas Universidades Federais. O tema foi exposto pelos reitores da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila), Josué Modesto; da Universidade Federal do ABC (UFABC), Klaus Capelle; pelo secretário da Educação Superior (Sesu), Paulo Barone, e pela Assessoria de Relações Internacionais do Ministério da Educação.
Na quinta-feira, 24, foi realizada a CLVII Reunião Ordinária do Conselho Pleno da Andifes, que iniciou com a fala do secretário da Sesu, Paulo Barone. Na oportunidade, o reitor da Unipampa conversou com Barone sobre a necessidade do Ministério da Educação solicitar o reenquadramento da taxação da energia elétrica para a Universidade.
A programação continuou com a apresentação do relatório preliminar da Pesquisa do Perfil Institucional, feita pela professora da UFSCar, Vera Cepeda. Outro assunto abordado na reunião pelo reitor da Universidade Federal de Goiás (UFG), Orlando Amaral, foi o orçamento das Universidades Federais nos anos de 2016 e 2017.
À tarde, houve a apresentação do Fórum de Dirigentes de Hospitais Veterinários Universitários (FORDHOV), que tem como principais objetivos estudar e propor soluções para os problemas relacionados aos Hospitais Veterinários Universitários das IFES; promover o intercâmbio entre as IFES de temas de interesse do Fórum; consolidar e divulgar documentos junto às IFES; assessorar os dirigentes dos Hospitais Veterinários das IFES; e encaminhar propostas aprovadas pela plenária às instâncias superiores. A coordenadora do Fórum, Simone Bopp, também fez um resgate histórico das ações do FORDHOV, da elaboração da matriz de distribuição orçamentária desde 2010 até os dias atuais e as principais metas para potencializar os Hospitais Veterinários Universitários. A seguir, o reitor da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Paulo Burmann, fez uma análise dos indicadores do Ensino Superior.
Hansen também reuniu-se com a presidente da Andifes, a reitora Ângela Maria Paiva Cruz, e com os integrantes da Comissão das Novas Universidades, da qual a Unipampa faz parte. Em Brasília, o reitor também encaminhou ao Ministério do Esporte o projeto completo que trata dos Ginásios Poliesportivos da Unipampa.

Nutron lança aplicativo para orientar pecuaristas sobre manejo

A Nutron, marca de nutrição animal da Cargill no Brasil, apresenta aos pecuaristas uma novidade para auxiliar o aumento de produtividade no manejo de bovinos. Trata-se do aplicativo de celular Bovinews, disponível na Apple Store e no Google Play. O objetivo da companhia é compartilhar o conhecimento técnico da equipe e garantir as melhores soluções em produção animal e ao negócio dos clientes. “Esse lançamento vai ao encontro do nosso compromisso de entender as demandas dos produtores rurais e atende-los da melhor maneira possível. O Bovinews possibilita que os artigos e materiais que divulgamos sejam acessados em um único espaço, sendo possível ler online ou fazer o download”, declara o gerente de marketing da Cargill Nutrição Animal, Álvaro Peixoto.
Os pecuaristas estão cada vez mais conectados à internet e fortalecer este meio de comunicação faz parte da estratégia da Nutron. Esse aplicativo é mais um elo entre a companhia e seus clientes, ressaltando as mensagens de comprometimento, segurança dos alimentos, bem-estar animal e sustentabilidade. “O mercado de bovinos ganhou mais uma fonte de referência e nosso intuito é alavancar a produtividade e rentabilidade das propriedades”, assegura Peixoto.
Com informações da Cargill.

ABHB realiza auditorias técnicas em propriedades gaúchas


Na última semana, a superintendente de Registro Genealógico da Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB), Zilah Cheuiche, realizou auditorias técnicas em propriedades rurais e criatórios de Braford do Rio Grande do Sul.  Trata-se de uma conduta regular e anual, já que a ABHB é a certificadora exclusiva dos reprodutores e matrizes Braford no Brasil, credenciada pelo MAPA e registrada no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI). “São visitas de rotina realizadas por amostragem pelo setor de registros da ABHB. Mesmo sendo determinadas pelo MAPA, considero de extrema importância a sua realização, pois refletem o trabalho de extensão da Associação junto aos criatórios de Braford”, destacou Zilah.
As quatro auditorias aconteceram quinta e sexta-feira nos municípios de São Sepé e Santana do Livramento, onde estão situadas as propriedades Agropecuária Sereno e São Bento do Verde e Estâncias Caty e Sarandi, respectivamente. Até o final do ano outros dez criatórios de Braford serão vistoriados pela ABHB.
Com informações da ABHB.

Com poucos negócios, preço do boi gordo caiu em novembro

Gabriela Barcellos

Novembro está chegando ao fim e os preços do boi gordo neste mês caíram, de acordo com levantamento do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). De acordo com a instituição, a oferta de animais prontos para abate não é significativa. No entanto, com a baixa liquidez, a indústria tem conseguido pressionar e obter preços menores.
Conforme o indicador do Cepea, que serve de referência para os contratos futuros na BM&FBovespa, nos primeiros 15 dias de novembro, houve baixa acumulada de 1%. Ontem, 28/11), a cotação foi de R$ 149,82.

Brasil será livre de aftosa com vacinação em 2018

Em um vídeo divulgado pelo governo federal, o ministro da Agricultura afirmou que o país receberá o certificado em maio de 2018, depois de 50 anos de espera

Gabriela Barcellos

Segue até amanhã, 30/11, a segunda etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa. Todo o rebanho de bovinos e bubalinos com idade até 24 meses, inclusive recém-nascidos, no Rio Grande do Sul e, na maioria dos estados brasileiros.
Aproveitando a campanha, o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Blairo Maggi, afirmou em um vídeo divulgado pelo governo federal, que o Brasil receberá o certificado de território livre de febre aftosa com vacinação da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE). Atualmente, a maioria dos estados brasileiros – inclusive o RS – possui o certificado. “O Brasil inteiro estará livre”, diz o ministro no vídeo, lembrando que esta é uma luta de mais de 50 anos do País. De acordo com o Ministro, o recebimento do certificado ocorre em maio de 2018.
Enquanto a maior parte dos estados já possui o status, Santa Catarina é o único que possui o reconhecimento como livre de aftosa sem vacinação. No Amazonas, apenas os municípios de Guajará, Boca do Acre e parte de Lábrea e Canutama têm o status de livre da doença com vacinação. Ainda no Norte, a totalidade de Roraima e Amapá não são consideradas zonas livres da doença.
A certificação oficial de que 100% do território nacional é livre da doença, mesmo que com vacinação, pode facilitar a abertura de novos mercados internacionais. A diretora-geral da OIE, Monique Eloit, afirmou no mesmo vídeo que “O Brasil tem um papel muito significativo no desenvolvimento das Américas, por exemplo, contra a febre aftosa, a peste suína clássica, a influenza aviária. Por isso, é muito importante que o País continue a ser tão comprometido com as questões veterinárias”. Ela esteve no Brasil na última semana para conceder à empresa especializada em genética avícola Cobb-Vantress certificação para um modelo inédito de compartimentação de aves.
Durante a visita, Monique e Maggi assinaram um acordo de cooperação que coloca o Brasil como participante da gestão da OIE. De acordo com o Ministério, o acordo prevê o repasse de valor equivalente a 1 milhão de euros (R$ 3,56 milhões) para programas de prevenção à febre aftosa e para melhoramento dos sistemas de auditorias sanitárias privadas. Os recursos são da iniciativa privada e serão divididos em seis parcelas.
O ministério coordenará as ações, que serão executadas a partir de janeiro de 2017, em um programa com duração de dois anos. As medidas devem estar de acordo com as normas do Fundo Mundial da OIE para Saúde e Bem-Estar dos Animais.
O acordo do Brasil com a OIE prevê cinco frentes de atuação: erradicação da febre aftosa nas Américas; apoio à erradicação e prevenção do mormo (doença que afeta os equinos); respaldo aos escritórios da OIE; assistência aos novos países membros da OIE na região, e, contribuição à compra da sede da OIE em Paris, França.

terça-feira, 29 de novembro de 2016

190 em ação

Ameaça
Um homem foi ameaçado por dois usuários de drogas que frequentam uma casa abandonada, ao lado de sua residência. Ele contou que há meses um grupo de jovens – do qual os dois fazem parte – utiliza o local para se drogar e fazer a divisão de produtos ilícitos. Neste final de semana, o grupo teve um desentendimento e alguns membros passaram a se agredir com pedradas. Uma delas acertou o carro da vítima, danificando-o. Ao reclamar com o grupo, os dois marginais, irmãos gêmeos, passaram a lhe fazer ameaças de morte, dizendo ainda que irão invadir sua casa.
Maria da Penha
Uma denúncia anônima levou a Ronda Ostensiva Municipal Urbana (Romu) a uma casa na Rua Benjamin Constant, onde uma mulher foi agredida pelo companheiro com um cabo de vassoura. No local, o homem tentou fugir, mas acabou detido pelos guardas e teve de ser algemado, já que resistia a detenção. Ambos foram levados ao pronto socorro para exames e posteriormente apresentados na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA). O homem escapou da prisão em flagrante, mas responderá a inquérito policial na Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam). A moça solicitou medidas protetivas contra o acusado.
Apreensão
Um homem foi detido na Avenida Presidente Vargas portando um aspirador de pó, com indícios de tratar-se de produto de furto. Ele foi conduzido à DPPA. Onde foi registrada ocorrência simples e determinada a apreensão do aspirador.
Veículo
Um veículo Toyota Corolla XRS foi apreendido na Rua Domingos de Almeida, nas proximidades do Hospital Santa Casa de Caridade. A apreensão foi realizada por uma equipe da Delegacia Especializada em Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas (Defrec) que estavam em diligencia em uma investigação a respeito de veículos clonados na cidade. Ao abordar o motorista do carro e verificar as informações do veículo, os policiais perceberam que o Corolla, que usava placas MKX 5794, cujas placas verdadeiras são IUC 1109, estava na condição de roubado.
Adolescente
Um adolescente foi detido pela Brigada Militar depois de ser flagrado portando uma arma de fogo. A abordagem ocorreu depois que um policial militar ouviu três disparos e chamou reforços. Depois da abordagem, o adolescente confessou que efetuou os disparos contra um veículo GM Celta, que passara nas proximidades e cujo motorista lhe sacou uma arma. O registro foi feito por porte e disparo de arma de fogo, mas o menor foi liberado logo depois.
Captura

Um homem foi capturado na Rua Roberto Kramer. Ele estava na condição de foragido desde que sua liberdade provisória fora revogada pelo Poder Judiciário, em razão de um crime de tráfico de drogas.

Bandidos presos depois de cometer assalto



Gabriela Barcellos

Um homem foi preso e um adolescente apreendido por roubo a pedestre e receptação. Os dois foram detidos pela Brigada Militar em um acampamento às margens do Rio Uruguai, no bairro Mascarenhas de Moraes (Marduque) e acusados por dois assaltos, mas já estavam na mira da polícia, suspeitos pela prática de outros crimes semelhantes.
Matheus Giacomini Duarte, 33 anos, conhecido como ‘Gaúcho’ e o adolescente A.T.S.M. de 17 anos estavam com três telefones celulares e dois relógios. Um dos telefones pertencia a uma menina de 15 anos, assaltada na sexta-feira, 25/11, e os outros dois, assim como um dos relógios, pertenciam a dois adolescentes assaltados no início da noite de sábado, 26/11, na Rua XV de Novembro.
A atenção e a coragem dos dois rapazes foram imprescindíveis para a prisão dos bandidos. Enquanto os dois marginais, que diziam estar armados e praticaram o crime ‘de cara limpa’ deixavam o local, os dois conseguiram visualizar e memorizar a placa do veículo que usavam, uma motocicleta que também foi apreendida na ação, assim como uma faca. Os bandidos foram reconhecidos pelas vítimas e, ‘Gaúcho’ foi encaminhado à Penitenciária Modulada Estadual de Uruguaiana (PMEU). Já o menor foi recolhido à Fase.

Homem tira a vida na frente de policiais


Gabriela Barcellos

Um homem tirou a própria vida na tarde de domingo, 27/11, por volta de 15h, na Rua General Flores da Cunha, bairro Mascarenhas de Moraes, junto ao trevo de acesso à Aduana. Jefferson de Bittencourt Jaques, de 26 anos, efetuou um disparo de arma de fogo contra a própria cabeça, na frente dos policiais militares que tentavam rendê-lo.
O homem fora visto por populares caminhado descontrolado pela rua, aos prantos, com a arma na mão e já demonstrando a intenção de se suicidar. A Brigada Militar então foi acionada e o encontrou sentando nos trilhos, junto ao trevo. Assim que a viatura chegou ao local, dois policiais tentaram aproximar-se, armados, mandando que Jefferson largasse a arma e colocasse as mãos para cima. O jovem não obedeceu e imediatamente fechou os olhos, encontrou a arma no lado direito da cabeça e efetuou o disparo.
A delegada Caroline Huber, de plantão naquela tarde, acionou a perícia sediada em Santana do Livramento. Até a chegada dos peritos o corpo de Jefferson permaneceu no local, sendo guardado pela Brigada Militar. Somente depois que a local e o corpo passaram pelo crivo dos profissionais, afim de corroborar a versão contada pelos policiais militares e pelas testemunhas, o corpo fora removido do local.
Pessoas próximas ao rapaz contam que ele era tranquilo, não costumava envolver-se em confusão. Informações extraoficiais dão conta de que o jovem rompera recentemente um relacionamento e estava inconformado, inclusive teria procurado a ex-namorada pouco antes de se matar, buscando reatar o relacionamento.

Flagrante: Piscinas são criatórios de mosquitos


Daiany Mossi

Apesar de Uruguaiana estar entre as cidades com o maior número de focos de dengue registrado no ano de 2016, a prevenção parece não ser levada a sério por parte da população.
Além da falta de limpeza de pátios no centro da cidade e em áreas afastadas, dos mini-lixões formados pela comunidade, a falta de manutenção e limpeza de piscinas torna-se um alvo fácil para o mosquito da dengue.
No final de semana, o Jornal CIDADE flagrou uma triste situação no Sá Viana Futebol Clube. Das quatro piscinas existentes no local, três encontram-se abandonadas com água parada e sem manutenção.
O cenário é típico para a proliferação do mosquito Aedes-Aegypti, transmissor da Dengue e do Zika Vírus e que conforme especialistas, se reproduz em água parada, limpa ou suja.
“Quando chega o verão, a mesma cena se repete todos os anos: o aumento dos casos de dengue no país. É nesta época que o mosquito transmissor do vírus da doença, o Aedes aegypti, encontra o ambiente ideal para sua reprodução. As larvas do mosquito são incubadas em locais com presença de água parada. São medidas simples, como evitar deixar água parada em vasos de plantas e pneus velhos, por exemplo. Reservatórios como caixas de água e piscinas também devem ficar tampados e cobertos”, diz Renato Grinbaum, infectologista paulista.
O mosquito da dengue é menor e mais escuro que o pernilongo comum e possui listras brancas no corpo e nas patas. Após a picada, os vírus caem na corrente sanguínea, invadem as células do organismo e começam a se reproduzir. Geralmente, os sintomas se manifestam a partir do terceiro dia depois da picada do mosquito.
A fiscalização à residências, pontos comerciais e áreas de risco é competência da Secretaria de Saúde de Saúde, através do setor de Endemias. Tentamos contato com a responsável pelo setor de Epidemiologia, Marciria Lamberti, mas não obtivemos sucesso, já que o seu expediente encerra às 14h. A secretária de Saúde, Jeniffer Avila também foi contatada, mas o seu telefone funcional esteve desligado durante todo o dia.
Em contato com a diretora do Sá Viana, Maria de Graça Pereira, ela informou que as piscinas estão sendo limpas esta semana, pois a temporada de verão terá início na próxima segunda-feira, 5/12.

Por Decreto: Saúde entra em Situação de Emergência

Nilson Corrêa

Uma reunião entre os chefes do Legislativo e Executivo com o provedor da Santa Casa, ocorrida ontem, 28/11, na Prefeitura, definiu a decretação da Situação de Emergência na Atenção Secundária e Terciária na Saúde Pública em Uruguaiana.
As dificuldades financeiras da Santa Casa de Caridade de Uruguaiana, agravadas desde a devolução à mantenedora, levaram seu provedor, advogado Eduardo Velo Pereira, e o presidente da Câmara Municipal, vereador Adalberto Silva, a recorrer ao Executivo para que, decretando Emergência, auxiliasse na busca junto ao Governo do Estado, do pagamento pelos serviços prestados no atendimento à população, permtindo ao hospital, por sua vez, o pagamento das despesas, principalmente o quadro de pessoal, que padece já há três meses sem receber.
Pressionado com o possível comprometimento da saúde da população com a redução em 30% dos atendimentos SUS, Schneider decretou ontem mesmo a situação requerida e incumbiu-se de buscar uma audiência com o governador Ivo Sartori, reforçando a reunião agendada pelo vereador Adalberto Silva com o secretário de Saúde do Estado, Gabbardo dos Reis, que espera-se seja realizada amanhã, 30/11.

Incertezas
Em meio as ações proativas, o médico Lourival Gonçalves, presidente da Unimed, avisou de um possível pedido de demissão coletiva dos médicos que atuam na Santa Casa, medida que, se por um lado perturba a tranquilidade da população, por outro, chantageia as autoridades públicas a encontrarem dinheiro para satisfazer a folha de pagamento, na qual os doutores também estão incluídos, afinal, não existe saúde sem médicos.

A dívida de Uruguaiana
Ante a controvérsia existente entre as contas da prefeitura e da Santa Casa, o prefeito Schneider está solicitando judicialmente a nomeação de um perito para determinar o montante devido pelo município. A diferença entre as contas da prefeitura e da Santa Casa é de R$ 1 milhão.
Luiz Schneider também acusa a atual administração de desvirtuar a aplicação dos recursos obtidos com a venda do piano adquirido na gestão anterior e que, por lei, deveriam ser aplicados em despesas de capital, e não em despesas de custeio.

Modelo falido
Ao repudiar o que chama de “tentativa covarde de transformar o Prefeito da cidade em demônio, em algoz da nossa centenária casa de saúde”, Schneider disse que sua história de dignidade e coragem deve ser respeitada, pois não é um “forasteiro em busca de conchavos, cargos ou notoriedade”.
Para o Prefeito, há uma tentativa de creditar aos governos Estadual e Municipal a responsabilidade por um modelo de gestão falido e sem transparência, destacando que a Santa Casa foi devolvida à sua mantenedora com uma folha de pagamento de R$ 720 mil. Hoje a folha de pagamento supera a casa dos milhões, e a dívida chega a R$ 40 milhões.

Caixa preta
Em sua manifestação o prefeito lançou severas críticas sobre a transparência da administração hospitalar: Quanto está a folha de pagamento? Quantos são os funcionários? Quantas diretorias foram criadas? Qual o salário dos diretores? Qual o salário do administrador? Qual foi o resultado da auditoria noticiada? Que ações (além de pedir dinheiro aos agentes públicos), serão tomadas?
O prefeito finaliza declarando que quem recebe dinheiro público, deve prestar contas à sociedade, que clama por transparência, verdade, seriedade e Justiça.

Prefeitos ingressam na Justiça pela repatriação

Amanhã, 30/11, a partir das 10h prefeitos de todas as regiões do Rio Grande do Sul participam a partir das 10h, na sede da Famurs, de uma mobilização que marcará o ingresso dos municípios na Justiça Federal com ações que visam garantir que as prefeituras recebam os valores correspondentes à multa paga pelos contribuintes na repatriação de recursos. A Federação estima que os municípios do RS possam receber R$ 356 milhões.
Na última terça-feira, 22/11, a União aceitou liberar a parcela dos Estados sobre a multa de 15% dos valores repatriados do exterior. A decisão aconteceu após ação coletiva dos governadores no Supremo Tribunal Federal (STF). “Esperamos que os municípios também recebam o percentual que têm direito sobre o total arrecadado com as multas da repatriação”, reivindicou o presidente da Famurs, Luciano Pinto. A decisão de ingressar na Justiça foi tomada, na quarta-feira, 16/11, durante a Assembleia Geral de prefeitos, depois da orientação do setor jurídico da Federação.
Pelas regras em vigor, os brasileiros que aderiram ao programa de repatriação, processo de regularização de recursos lícitos mantidos por brasileiros no exterior, tiveram de pagar 15% de imposto de renda e mais 15% de multa para regularizar os ativos que não haviam sido declarados ao Fisco. Com isso, o governo federal arrecadou R$ 46,8 bilhões entre imposto e multa.
Porém, a legislação aprovada no Congresso Nacional prevê que estados e municípios só recebam uma parcela sobre a receita do imposto. As prefeituras receberam 24,5% do que foi recolhido. Os municípios gaúchos ficaram com R$ 356 milhões. Pela lei, no entanto, toda a arrecadação da multa ficaria com a União. Insatisfeitos com essa decisão, os governadores ingressaram no STF para garantir o repasse do percentual sobre as multas. Após decisão liminar da ministra Rosa Weber, favorável aos Estados, o governo federal acenou com a liberação dos valores aos Estados.

Decisão
Rosa Weber deferiu a liminar no último dia onze a 23 Estados – entre eles o Rio Grande do Sul – e mais o Distrito Federal para que a União deposite em juízo os valores correspondentes do Fundo de Participação dos Estados (FPE) questionados por essas unidades da Federação. Os valores são correspondentes à multa prevista na Lei da Repatriação.
Por ser uma decisão monocrática, as liminares concedidas pela relatora ainda terão de ser analisadas pelo plenário da Corte. O dinheiro que será depositado pela União na conta judicial ficará à disposição do STF até a definição do caso. Ainda não há previsão de quando as ações serão julgadas pelo tribunal.
Um dos argumentos apresentados pelos governadores ao STF é que a proposta de lei da repatriação previa partilha da multa, mas o trecho foi vetado pela ex-presidente Dilma Rousseff. Os estados alegam ainda que a Lei Complementar 63/1990, que regulamenta os fundos de participação de estados e municípios, prevê partilha não só do imposto de renda, mas da multa arrecadada em razão de atrasos no pagamento.
Com informações da Famurs.

Executivo apresenta projeto final da Avenida Beira Rio


Gabriela Barcellos

A Prefeitura Municipal, através da secretaria de Indústria, Comércio, Turismo e Trabalho (Semic) e a empresa 3C Arquitetura, vencedora do processo licitatório para elaboração do projeto de construção da Avenida Beija Rio, organizou uma audiência pública na última sexta-feira, 25/12, para apresentação do projeto final de construção do empreendimento.
A apresentação institucional do projeto ficou a cargo do secretário de Indústria, Comércio, Turismo e Trabalho (Semic), Jorge Prestes Lopes, que ressaltou a importância da construção da Avenida Beira Rio para o município. Já a apresentação técnica ficou a cargo do arquiteto Tiago Holzmann da Silva, de forma bastante prática e didática. De acordo com Prestes Lopes, depois de vários meses de trabalho e três audiências públicas para coleta de sugestões da população, este já é o projeto final. Ele também ressaltou que este é o primeiro projeto técnico para construção da Avenida Beira Rio da história de Uruguaiana. “É o primeiro projeto de fato, com dados técnicos, com planilhas de custo, estudos de solo, vegetação, entre outros. O que havia até o momento era um Layout, uma ideia que foi colocada no papel em forma de desenho, mas o projeto nunca existiu”, explicou.
Ao todo, a Avenida Beira Rio custará R$ 22 milhões, mas conforme o Secretário foi projetada possibilitando a construção modulada, de acordo com a captação de recursos. A expectativa do Poder Executivo é captar recursos para realização da obra junto ao Ministério do Turismo, Ministério dos Esportes e Ministério das Cidades, além de emendas parlamentares. “Recentemente, a empresa responsável projeto desenvolveu um semelhante em Foz do Iguaçu e, o arquiteto Thiago Holzmann nos fez esta sugestão também, considerando o fato de estamos em área de fronteira”, comenta Prestes Lopes.
O projeto inclui várias atividades de turismo, lazer e esportivas, inclusive turismo e esporte náutico. Entre outros, haverá um píer para atracação de embarcações, três rampas – Marinha, Martin Pescador e Clube Tamamdaré – pista de caminhada, ciclovia e pista de trafego de veículo, ao longo da orla do Rio Uruguai. A Avenida Beira Rio tem início da Rua Treze de Maio e se estende até a Rua Tiradentes, um total de 1,1 mil km.

Painel Ed.2689

Pequeno público, grande festa!

Uma programação especial no Ginásio Municipal homenageou jogadores e comissão técnica da Associação Esportiva Uruguaianense, na noite de sábado. Apesar de o público não ter sido o esperado, a festa foi inesquecível para os campeões da Série Bronze em 2016. Jogadores e comissão técnica entraram em quadra um a um, aplaudidos pelos torcedores. Após atravessarem a quadra de futsal, cada um recebia a faixa, entregue por um familiar.

Luto

Faleceu na madrugada do último domingo, 27/11, o médico Olavo Rodrigues, há mais de 30 anos vivendo em Uruguaiana. Além da carreira como médico, Rodrigues teve importante trajetória polícia do município e, por duas vezes integrou o Poder Legislativo de Uruguaiana. O velório ocorreu na Câmara de Vereadores, com a presença da família, amigos e colegas.

Aniversário I

O professor e talentosíssimo escultor Lupe Souza comemorou ontem, 28/12. Parabéns!

Aniversário II

O representante comercial e líder do Grupo Ação do Rio Uruguai, Arcídio Trojan, comemora hoje mais um ano de vida. Parabéns Arcídio.

Black Friday
No final de semana da Black Friday (25 a 27 de novembro), as vendas nos comércios de rua e shoppings centers cresceram 11% em todo o país, superando o crescimento de 9,0% verificado no mesmo período de 2015 (comparado a 2014), conforme revela o Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio – Black Friday 2016.

IPTU
No próximo dia 16, às 10h, acontece o segundo sorteio da promoção IPTU Premiado. Para participar os contribuintes deverão ter pago o imposto predial e territorial urbano em cota única ou estar em dia com o carnê de parcelas. Serão sorteados, no salão nobre do Palácio Rio Branco, o carro Fiat Mobi e uma motocicleta 125 cilindradas.

Bagé
A partir do dia 1º, quinta-feira, a Associação e Sindicato Rural de Bagé atenderá em regime reduzido de horas. A exceção será apenas nas segundas-feiras, quando acontece a reunião semanal da diretoria. Neste dia, o horário permanece o mesmo, das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h30. Nos demais dias da semana o horário de atendimento ficará estabelecido das 8h às 12h.

TAE
Foi divulgado o resultado final da eleição que escolheu os servidores que irão compor a Comissão Interna de Supervisão do Plano de Carreira dos Cargos Técnico-Administrativos em Educação (PCCTAE). Foram eleitos como membros titulares os servidores Alessandro Vasconcelos de Souza (Campus São Gabriel); Carolina Sampaio Marques (Campus Caçapava do Sul); Domingos de Mello Aymone Filho (Reitoria); Paloma Cardoso da Rosa (Campus Bagé) e Sandro Lemos Oliveira (Campus Alegrete).

Faturamento
O leilão da Estância Três Coxilhas ocorrido no último sábado, 26/11, em Barra Velha (SC) alcançou um faturamento de R$ 1,45 milhão com a venda de 44 lotes de exemplares de cavalos Crioulos. A média no valor de venda dos animais ficou em R$ 33,37 mil por lote, sendo que o mais valorizado da noite foi a égua BT Pacaray, comercializada a R$ 135 mil. A Estância Três Coxilhas teve sua genética reconhecida este ano com a participação de 12 exemplares na final da Expointer, em Esteio.

Educação
No próximo dia cinco acontece o I Seminário Internacional de Educação Especial de Uruguaiana, promovido pelo Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Especial de Uruguaiana, com o apoio da secretaria Municipal de Educação, secretaria Estadual de Educação e da 10ª Coordenadoria Regional de Educação. O evento acontece no Teatro Municipal Rosalina Pandolfo Lisboa.

Ópera I
O Sesc traz para Uruguaiana durante o mês de dezembro o ‘Ópera da tela – festival de filmes de ópera’, evento que acontece na sede do Sesc, com entrada gratuita, sempre às 19h.

Ópera II
A programação inclui ‘Aída’, de Giuseppi Verdi (6/12), ‘Os Capuleto e os Montéquio’, de Vincenzo Bellini (7/12), ‘A Noiva do Czar’, de Nikolai Rimsky-Korsakov (8/12), ‘O Barbeiro de Sevilha’, de Gioacchino Rossini (12/12), ‘A Flauta Mágica’, de Wolfgang Amadeus Mozart (13/12), ‘O Rapto no Harém’ (14/12) e ‘Traviata e Nós’, adaptado da obra de Giuseppi Verdi (15/12).

CineSesc I
O Sesc divulgou a programação do CineSesc, promovido através do projeto Arte Sesc Cultura por toda a parte, para dezembro. Nos dias dois e três será exibido ‘Hipócrates’; nos dias nove e dez é a vez do brasileiro ‘Casa Grande’ e, nos dias 16 e 17 é a vez de ‘O Sonho de Wadjda’.

CineSesc II
As sessões são exibidas na sala de cinema do Sesc, localizada na Rua Flores da Cunha, esquina com Rua Santana, nas sextas-feiras às 19h e aos sábados às 16h, com entrada gratuita.

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Ed. 2689 - Decreto coloca Saúde na Emergência

Aqui a edição digital.
  1. Se Estados não revirem direitos, salários não serão pagos
  2. Pequeno público, grande festa!
  3. Black Friday
  4. Bagé
  5. TAE
  6. IPTU
  7. Faturamento
  8. Educação
  9. Ópera I
  10. Ópera II
  11. Luto
  12. Aniversário I
  13. Aniversário II
  14. CineSesc I
  15. CineSesc II
  16. Executivo apresenta projeto final da Avenida Beira Rio
  17. Prefeitos ingressam na Justiça pela repatriação
  18. Saúde entra em Situação de Emergência
  19. Brasil será livre de aftosa com vacinação em 2018
  20. Com poucos negócios, preço do boi gordo caiu em novembro
  21. ABHB realiza auditorias técnicas em propriedades gaúchas
  22. Nutron lança aplicativo para orientar pecuaristas sobre manejo
  23. Homem tira a vida na frente de policiais
  24. Bandidos presos depois de cometer assalto
  25. Ameaça
  26. Maria da Penha
  27. Apreensão
  28. Veículo
  29. Adolescente
  30. Captura
  31. Unipampa participa de seminário sobre internacionalização das Universidades Federais
  32. RS conquista recorde de medalhas nas Paraolimpíadas Escolares
  33. Professores discutem formas de implementar as ações do pacto
  34. Filme brasileiro será apresentado em cinemas estrangeiros
  35. Lançamento Do Filme A “Masha E O Urso”
  36. Marcelo Galvão dirige O Matador, primeiro filme brasileiro da Netflix
  37. Uruguaianense faz bonito no Enart
  38. Laranja e abacaxi são alimentos com maior risco por agrotóxico
  39. ‘Graça recebida’, diz Edson Celulari sobre fim do tratamento contra câncer
  40. Calcanhotto lança single com ‘Não demora’ música de ‘A lei do amor’
  41. Malhação
  42. Sol Nascente
  43. Rock Story
  44. A Lei do Amor
  45. Camila Queiroz faz aulas de fonoaudiologia para viver carioca em nova novela

Jornada Literária movimenta comunidade

O Serviço Social do Comércio, Editora Via Pampa e Livraria Carochinha realizaram, nos dia 16,17 e 18 de novembro, a 1ª Jornada Literária de Uruguaiana. O objetivo foi incentivar a leitura, atuando na formação de leitores e aproximando o público leitor da produção literária através de palestras, mediação de leitores, intervenções com poesia, sarau literário, contação de história, música, lançamento de livros e encontros com autores.
Ao todo, a 1ª Jornada Literária de Uruguaiana atendeu mais de 2 mil crianças de escolas locais, além da comunidade. Só na Hora do Conto foram 10 sessões, com presença de pelo menos 800 crianças. As 13 palestras realizadas contemplaram 1,2 mil estudantes e professores; e nos dois dias de Game Literário passaram pelas atividades em torno de 100 crianças.
“Nasce uma flor encantadora na Região da Fronteira, às margens do Rio Uruguai. A 1ª Jornada Literária de Uruguaiana foi semeada e regada a muitas mãos. Tenho orgulho de, com meu humilde regador, ter colaborado para que essa flor desabroche e perfume a cidade e o Estado, com essências de leitura, pensamento crítico e bom senso. Faço votos de que polinize e dê origem a um jardim”, disse o escritor Uili Bergamin sobre o evento.
A programação teve além de Café Literário, Hora do Conto do Sesc, com Eleonora Medeiros; e do Interact Rotary Club de Uruguaiana, Sarau de Textos e Poesia sob coordenação de Estela de Menezes; Lançamento do Livro Desdobramentos do escritor Pedro Câncio; Mesa Redonda com a apresentação de Boas Práticas de Incentivo à Leitura; Palestras Literárias e de Mediação de Leitura com Márcia Cavalcante, Uili Bergamin, Vinícius Rodrigues, Pedro Duarte e Vilson Ferreto; Palestra Técnica com Paulo Henrique Corrêa Brum; e Comando Poético e Sussurrando Poesias com os alunos do Curso Normal do Instituto Estadual Elisa Valls. O evento contou ainda com Game Literário Sesc com escolas públicas e privadas; Roda de Leitura do Clube do Livro Espírita; Passeio com Poesia e Balaio de Gatos do Colégio Marista Sant’Ana; e Show Musical com César Santos “Da Porteira Pra Dentro”.
Para a realização das atividades, o Serviço Social do Comércio, a Editora Via Pampa e a Livraria Carochinha contaram com a parceria da 10ª CRE, SEMED, Colégio Marista Sant’Ana, Instituto Estadual Elisa Valls e Interact Club de Uruguaiana Fronteira Oeste; e apoio da Prefeitura Municipal de Uruguaiana, Café da Praça e Gráfica Universitária. A próxima edição da Jornada Literária de Uruguaiana está prevista para acontecer de 22 a 24 de novembro.

Educação Municipal: Inscrições vão até o dia 2/12

As escolas de educação infantil e ensino fundamental do município de Uruguaiana estão recebendo inscrições para o novo ano letivo. O processo vai até o dia 02/12.
Conforme o secretário Francisco Roballo, até o dia de ontem (23/11), 1.700 crianças já haviam sido inscritas para uma vaga na educação infantil, sendo que o sistema já possui 6 mil alunos. Os números antecipam a necessidade da abertura de novas vagas para 2017.

Cerimônia de encerramento do 8º Siepe premia 48 trabalhos


Por Franceli Couto Jorge

Após três dias de intensas atividades, o Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão (Siepe), da Universidade Federal do Pampa (Unipampa), realizou, na tarde desta quinta-feira, 24, a cerimônia de premiação e encerramento do evento. O 8º Siepe aconteceu entre os dias 22 e 24 de novembro, no Campus Uruguaiana, e reuniu mais de 2 mil participantes.
Foram aprovados para o evento 1.810 trabalhos, sendo que 1.715 participaram das sessões orais e de pôsteres nas categorias de ensino, pesquisa, extensão e pós-graduação. O 8º Siepe premiou os 48 melhores trabalhos, sendo 24 na modalidade oral e 24 na modalidade pôster.
Na categoria Ensino foram avaliadas características como o desenvolvimento do assunto, conteúdo e/ou matéria específica relacionada ao ensino-aprendizagem. Os oito melhores trabalhos nesta categoria, na modalidade oral, foram premiados com uma viagem para um evento científico, em 2017, no Rio Grande do Sul e medalha. A premiação foi ofertada pela Pró-Reitoria de Graduação (Prograd).
Os oito melhores trabalhos premiados na categoria Pesquisa e Pós-Graduação, modalidade oral, serão contemplados com uma viagem, com todas as despesas pagas pela Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação (Proppi), a Jornada Nacional de Iniciação Científica (JNIC) 2017, que ocorrerá em Belo Horizonte, durante a Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), em julho de 2017.
A Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (Proext) premiou os oito melhores trabalhos na categoria Extensão, modalidade oral, com uma viagem ao 35º Seminário de Extensão Universitária (Seurs), que ocorrerá, em 2017, na Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila).
Uma das pesquisas premiadas foi “Narrativas Sônicas do Pampa: Apontamentos Iniciais de uma Pesquisa Etnomusicológica no Bairro Malafaia, Bagé/RS”, do discente do curso de Licenciatura em Música do Campus Bagé, Antoniel Lopes. “Foi incrível ganhar essa premiação para o nosso grupo, já que é um trabalho colaborativo, mostra o empenho do projeto de pesquisa. Acho que isso também ajuda a fomentar a área da pesquisa dentro da música, a parte de etnomusicologia. Além de criar redes e mais linhas de trabalho com colegas de outros locais dessa mesma linha de pesquisa”, afirmou o acadêmico.
Para a docente Graziela Tavares, uma das coordenadoras do 8º Siepe, foi possível melhorar o nível de qualificação dos resumos, que era um dos objetivos da Comissão Organizadora. “A mudança na avaliação dos resumos, não tendo mais duas etapas, fez com que conseguíssemos aumentar, ainda, mais esses índices. Temos que ir melhorando a qualidade dos trabalhos apresentados a cada edição para que ele realmente cumpra o objetivo, que é qualificar o nosso ensino, pesquisa, extensão e a pós-graduação”, afirma.
Graziela também explica que o sistema de similaridade que foi usado esse ano também busca aumentar a qualificação dos resumos apresentados no evento. “É muito sério encontrar alunos plagiando e se autoplagiando, então o índice de similaridade é um dos tópicos que temos que abordar não só no evento, mas na instituição como um todo”.
Na avaliação da coordenadora geral do evento, a administradora Carina Brum, o 8º Siepe foi um sucesso. “Os trabalhos estavam muito bons, a organização, a infraestrutura estava excelente, os palestrantes muito qualificados”, afirma. Carina lamenta o baixo número de participantes nas palestras. “Infelizmente, não tivemos um bom número de participantes nas palestras. Isso temos que rever, a participação dos orientadores, dos avaliadores, dos alunos, dos bolsistas, dos servidores”, diz. Para Carina, a realização do evento só foi possível “porque nós tivemos muitos apoiadores e uma grande equipe com 200 monitores e 50 pessoas na Comissão Organizadora”.
O encerramento oficial do 8º Siepe foi realizado pelo pró-reitor de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação, Alessandro Girardi, que parabenizou a Comissão Organizadora. “O evento vem sendo qualificado a cada ano. A cada edição a parte científica evolui e o Siepe mostrou o que a Unipampa tem de melhor”, enfatizou. Para o pró-reitor, “o evento já atingiu seu objetivo, que é de congregar toda a universidade. Nos próximos temos que trabalhar para cada vez mais evolui-lo em qualidade”.
Outras atrações do último dia do 8º Siepe
Esta quinta-feira, 24, iniciou com as sessões de apresentações orais e de pôsteres no 8º Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão (Siepe) da Unipampa. Nesta manhã, foram avaliados 307 trabalhos e também ocorreram as visitações ao Planetário.
Às 11h30, o professor da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Paulo Marcondes, falou sobre as Metodologias Ativas no Ensino Superior. De acordo o docente, um profissional tem um conjunto de competências profissionais em três grandes áreas: conhecimentos, habilidades e atitudes. São essas habilidades que os métodos ativos pretendem desenvolver durante a formação universitária.

ABHB convoca reunião da diretoria


Gabriela Barcellos

O presidente da Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB), Luciano Sperotto Terra, convocou os membros da diretoria para a última reunião de trabalho do ano. O encontro acontece no dia 1º de dezembro, às 13h30m, na sede da Estância Santa Maria, localizada na Estrada Bagé (Serrilhada km 54, Vila Pontas de São Luís).
A pauta da reunião inclui a participação da ABHB em feiras fora do Rio Grande do Sul e a realização de mais uma edição da Nacional HB, além da homologação de Núcleos Regionais no Paraná e o Jantar de Destaques HB 2016, que acontece no dia nove. A reunião será precedida de um almoço. Na sede da Estância, oferecido pelo Núcleo Hereford e Braford da Região da Campanha, a partir das 12h.

Destaques HB 2016 serão conhecidos no dia nove

Gabriela Barcellos

Com o objetivo de premiar os criatórios HB que se destacaram com seus animais nas inúmeras ações organizadas pela Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB) em 2016, a ABHB será realizado no próximo dia nove mais uma edição do Jantar Baile de premiação dos Destaques Hereford e Braford 2016. Carinhosamente apelidada de “Oscar HB”, a cerimônia acontece em Porto Alegre, no Hotel Plaza São Rafael, a partir das 20h.
Na oportunidade, serão conhecidos os criatórios que obtiveram a maior pontuação em cada uma das exposições ranqueadas: Exposição de Londrina; Copa Incentivo; Copa dos Criadores (Exposição de Outono Uruguaiana); Exposição Nacional HB; Expointer; Exposição de Uruguaiana; Exposição de Pelotas; Exposição de Bagé, Exposição de São Gabriel; Exposição de Alegrete e Exposição de Santa Vitória do Palmar.
Logo após são conhecidos os três primeiros colocados em cada raça do Ranking Nacional HB 2016, bem como os melhores expositores Rústico e de Argola de cada raça. O Programa Carne Pampa irá agraciar o produtor que mais certificou no Programa e o produtor com maior percentual animais entregues/certificados. Os eventos oficiais também serão contemplados. Entre as categorias premiadas, figuram maior média eventos oficiais para machos e fêmeas; maior valorização para macho, fêmea e lote de embriões e Leilão de Maior Faturamento. O Oscar HB também irá celebrar os campeões da Prova de Avaliação a Campo (PAC), a Central que mais contratou animais HB neste ano, bem como os Destaques HB PampaPlus, Promebo e Delta G.

Farsul mantém cobrança por ações do Mapa em relação ao trigo

A Federação da Agricultura do Rio Grande do Sul (Farsul) mantém sua preocupação com o comportamento do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) em relação ao trigo. Desde o dia 19 de setembro o cereal tem a cotação abaixo do preço mínimo sem que a pasta tenha apresentado alguma proposta concreta de apoio ao produtor e reversão do cenário nesses dois meses.
A entidade aproveitou a visita do secretário-executivo do Ministério da Agricultura, Eumar Roberto Novacki, para entregar um ofício pedindo maior atenção à situação do cereal. A carta reforça a necessidade de intervenção da pasta para solucionar o problema vivido pelo produtor que já se prolonga por mais de 60 dias.
Em outubro, a Farsul já havia procurado o Mapa com propostas para a aplicação dos mecanismos de comercialização de trigo. Em documento entregue pelo presidente do Sistema Farsul, Carlos Sperotto, ao Secretário de Política Agrícola, Neri Geller, a Federação propôs que 1,5 milhão de toneladas do produto gaúcho, fossem divididas nas operações AGF, Pepro e PEP.
Passado um mês, o secretário acenou apenas com os leilões com volumes bem abaixo do que foi pedido e sem a efetivação dos mesmos. Atualmente, o saco de trigo de 60 kg está sendo comercializado por R$ 28,30 (cotação do dia 21/11), quando o preço mínimo determinado pela Conab é de R$ 38,65.
Sperotto lembra que o Ministério teve tempo de elaborar um plano para evitar a situação. “Cansamos de avisar sobre o cenário que se formava por meio da Câmara Setorial de Culturas de Inverno do próprio Ministério. O que foi ensaiado até então pelo Mapa é bem inferior ao que o setor pediu. Contamos com a sensibilidade do secretário Novacki para reverter o quadro”, afirma o presidente. “Enquanto isso, o produtor não tem a quem vender, se colocar o trigo por esse preço no mercado ele quebra”, completa Sperotto.
Com informações da Farsul.

Associados da Conexão Delta G comemoram resultados na primavera

Faturamento dos leilões realizados ultrapassou os R$ 11 milhões com destaque para vendas para o Brasil Central

Nestor Tipa Júnior

O trabalho de melhoramento diferenciado foi determinante para um bom resultado colhido pelos associados da Conexão Delta G nesta temporada de primavera da pecuária gaúcha. Nos leilões realizados pelos criatórios que integram a entidade, que reúne criadores de bovinos de corte que trabalham no melhoramento genético de animais das raças Hereford e Braford, o faturamento foi superior a R$ 11 milhões. Além disso, alguns dos animais mais valorizados em exposições do Rio Grande do Sul contam com a genética promovida pela associação.
De acordo com o presidente da Conexão Delta G, Eduardo Eichenberg, os resultados dos remates de primavera foram muito positivos e confirmaram o prognóstico feito pela entidade antes da temporada. Afirma que praticamente todos os leilões dos associados venderam maiores volumes que 2015 e, ainda assim, obtiveram, se não melhores, médias, ao menos semelhantes às do ano passado. “Isso mostra que o cenário para a pecuária segue firme. Como em outros anos, muitos remates dos associados obtiveram médias superiores às dos leilões das raças, mostrando que a procura por animais com a genética diferenciada da Conexão Delta G segue em alta”, observa.
Durante os leilões também foi destacada a participação nas compras de criadores do Centro e do Norte do país, especialmente em estados como Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Minas Gerais, entre outros. Eichenberg reforça que houve forte demanda pelo Braford, principalmente por causa de sua adaptação a outras localidades no Brasil. “O trabalho sério, há muito difundido no centro do país, desde o início da Conexão Delta G, certamente é o principal motivo que explica essa procura. Muitos criadores do centro do Brasil reconhecem o nome da entidade pelo trabalho com o Braford e, principalmente, com o Nelore que lá é feito, assim como reconhecem a diferenciação de animais com CEIP, e, ainda, o projeto recente que temos feito na busca de animais geneticamente resistentes ao carrapato”, pontua.
A qualidade alcançada pelos associados se refletiu também em pistas de julgamento, com resultados expressivos. Foram conquistados campeonatos em Esteio, Bagé, Alegrete e Dom Pedrito. Na Exposição de Alegrete, a Estância Silêncio recebeu o prêmio de Trio Grande Campeão Braford e a Estância São Manoel o prêmio de Melhor Touro Braford. A São Manoel ainda comercializou o animal mais valorizado da feira, o touro Kibon, que é líder do Sumário Delta G 2016. Já a Estância Guatambu teve duas premiações na Exposição de Bagé, o de Trio Grande Campeão Polled Hereford PC e o de Trio Grande Campeão Braford.
Na Farm Show, em Dom Pedrito, os três touros Braford mais valorizados em remates da feira também foram de associados da Conexão Delta G. O valor mais alto foi alcançado pelo touro de tatuagem P355, da Agropecuária Caty. Os segundo e terceiro touros mais valorizados foram da Guatambu e da Caty, respectivamente, adquiridos pelo criador Wilson Brochmann. Os dois touros foram contratados pela central de inseminação americana CRI Genética. Já o touro Polled Hereford, da Guatambu, foi o mais valorizado na Farm Show e na temporada de 2016.

domingo, 27 de novembro de 2016

Jovem se suicida com tiro na cabeça

Um jovem se suicidou no início da tarde deste domingo. Jefferson Bitencourt Jaques, de 26 anos, se matou com um tiro na cabeça. O suicídio aconteceu na esquina da Rua Flores da Cunha com a Conde de Porto Alegre. Testemunhas que viram o jovem caminhando em direção ao local do suicídio acionaram a Brigada Militar, pois enquanto ele caminhava, apontava a arma para a própria cabeça. Uma patrulha chegou ao local e tentou dissuadir o jovem que, mas imediatamente ele apontou a arma para a cabeça e atirou.
Maiores informações na edição de terça-feira, do Jornal CIDADE.

sábado, 26 de novembro de 2016

Homem é preso por furto

Gabriela Barcellos
Um homem foi preso em flagrante no final da manhã de ontem, 25/11, por furto em um estabelecimento comercial. Alan Roger Souza Carpes, de 23 anos, foi flagrado por seguranças das lojas Americanas, com vários produtos escondidos dentro da mochila do próprio filho.
Tão logo detiveram o ladrão, os funcionários da loja, localizada na Rua Duque de Caxias, acionaram a Brigada Militar, que conduziu o homem ao pronto socorro municipal e posteriormente à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), onde o delegado Enio Tassi o autuou em flagrante.
Alan, que já possuía passagem pela polícia pelo mesmo tipo de crime, cometido na cidade de Quaraí, foi conduzido à Penitenciária Modulada Estadual de Uruguaiana (PMEU).

Uruguaianense executado com 15 tiros em Florianópolis

Gabriela Barcellos

Um, jovem uruguaianense foi morto com 15 tiros na manhã de ontem, em Florianópolis. Cristian Roger Soares Lopes, de 26 anos foi alvejado em Ratones, no norte da Ilha, por volta de 9h10min. Ele chegou a ser socorrido e encaminhado ao hospital próximo, mas não resistiu aos ferimentos.
De acordo com a Polícia local, ele já havia sofrido outras tentativas de homicídios recentes e indícios apontam que o crime tem relação com o tráfico de drogas.

Mulher perde a vida após acidente na BR-290

Gabriela Barcellos

Uma mulher faleceu na quinta-feira, 24/11, depois de permanecera alguns dias internada no Hospital Santa Casa de Caridade em decorrência de um acidente de carro ocorrido na semana passada, na Rodovia BR-290, próximo ao posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF).
Denise do Prado Clausell era professora e atualmente dirigia a escola de educação infantil Mario Quintana, que está de luto oficial.
A morte da professora deverá ser averiguada pela Polícia Civil. Tanto as circunstancias do acidente quanto a atuação dos profissionais médicos que a atenderam durante sua passagem pela Santa Casa de Caridade.

Incêndio mata uma pessoa


Gabriela Barcellos

Um incêndio, no final da noite de quinta-feira, 24/11, deixou uma pessoa morte. O sinistro ocorreu na Rua Martins, bairro Santana. O Corpo de Bombeiros foi acionado e rapidamente se deslocou ao local, no entanto, o fogo se espalhou rapidamente pela casa e não houve tempo de a vítima deixar o local.
O dono da casa é Jorge Milton Fan Gomes. Ele seria a vítima fatal e estaria sozinho em casa no momento do incêndio. A identidade, porém, ainda não foi confirmada pela Polícia Civil. “A perícia foi acionada para fazer o reconhecimento oficial da vítima através de DNA, vez que não foi possível identifica-lo com certeza ‘só de olho’, em razão dos ferimentos. O homem foi encontrado agarrado a uma grande, tentando deixar a residência.
A causa do incêndio será apurada pela Polícia Civil, mas informações iniciais dão conta de que, instantes antes de o fogo começar, uma forte explosão foi ouvida.

Polícia Civil deflagra Operação Consumo Seguro II

Cinco estabelecimentos foram vistoriados e duas pessoas detidas por crimes contra as relações de consumo. Ação foi uma determinação do DPI.


Gabriela Barcellos

A Polícia Civil deflagrou na manhã de ontem, 25/11, a Operação Consumo Seguro II Fase, que teve por objetivo combater crimes contra o consumidor. Três supermercados, uma mercearia e um açougue foram alvo da ação. Durante as buscas, duas pessoas foram presas em flagrante e apreendidas mais de 60 quilos de mercadorias, entre carnes, queijos e outros produtos considerados impróprios para consumo.
Na mercearia, localizada na Rua Flores da Cunha, o proprietário, A.E.P.L., de 46 anos foi preso. No local foram encontrados 3kg de charque, 19 kg de linguiça mista, 3,5 kg de polvilho doce, 5 kg de queijo e 5,2 kg de frango temperado. As carnes não possuíam procedência e os demais produtos estavam com o prazo de validade vencido.
No supermercado Ki Preço também foram apreendidos 11,5 kg de carne bovina, 13 kg de linguiça e 2,2 kg de carne suína, também sem procedência. O proprietário A.H.B de 50 anos foi preso. Ambos foram autuados pela prática do crime previsto no Artigo 7º, IX, da Lei 8.137/90 (crimes contra as relações de consumo). O material aprendido ficou sob responsabilidade da Vigilância Sanitária, que participou da ação.
Ao todo, participaram 20 policiais civis e oito agentes de fiscalização da Vigilância Sanitária, divididos em oito viaturas, sob coordenação dos delegados Enio Tassi, Caroline Huber e Alessandra Siqueira.

Primeira fase
A primeira fase da Operação Consumo Seguro foi deflagrada em julho, sob coordenação do delegado Enio Tassi, com participação de 25policiais,tendo como alvo seis supermercados da cidade. Na ocasião, os gerentes de dois estabelecimentos foram presos em flagrante e o gerente de um terceiro chegou a ser conduzido à Delegacia para prestar esclarecimentos, mas foi liberado. A ação desta sexta-feira ocorreu em várias cidades do Estado e foi uma determinação do Departamento de Polícia do Interior (DPI).
O objetivo é coibir a venda de produtos impróprios para o consumo, bem como a receptação de carne sem procedência oriunda de abigeato. A ação resultou na apreensão de mais de 12 toneladas de carne imprópria para consumo e outros produtos sem procedência, como ovos, laticínios, embutidos e remédios. Também foram apreendidos revólveres, grande quantidade de munição e material utilizado em carneadas.
Foram fiscalizados mais de 120 estabelecimentos comerciais no interior do estado. A ação ocorreu nos municípios de Jaguarão, Marau, Panambi, Candelária, Santa Cruz do Sul, Passo Fundo, Bagé, São Gabriel, Tramandaí, Osório, Capão da Canoa, Vacaria, Montenegro, Santo Augusto, Alegrete, Caçapava do Sul, Rosário do Sul, Três Passos, Gramado, Canela, Lagoa Vermelha, Lajeado, Estrela e São Jerônimo Três estabelecimentos foram interditados e notificações para regularização foram expedidas pela Vigilância Sanitária.
De acordo com o diretor do Departamento de Polícias do Interior, delegado Fernando Antônio Sodré, esse tipo de operação é de extrema importância, pois mobilizou todas as regiões do interior, retirando grande quantidade de produtos impróprios para o consumo. O chefe de polícia, delegado Emerson Wendt, destaca que essa operação além de trazer benefícios para o consumidor e comerciantes que atendem as exigências legais, também busca inibir cada vez mais a prática do abigeato no estado, bem como o abate e venda clandestina desses produtos.

Odebrecht entrega doações para entidades assistenciais

Cerca de 700 quilos de alimentos não perecíveis foram doados para o Centro de Apoio ao Paciente Oncológico (CAPO) e para a ONG SOS Mulher. As doações foram arrecadadas pelos funcionários com a adesão da comunidade, durante a realização da Semana Integrada de Prevenção de Acidentes de Trabalho, promovida pela concessionária de água e esgoto.
Um mural com mensagens de motivação, feito pelos servidores da empresa, também foi entregue para a CAPO. Orações, relatos pessoais sobre o desafios de enfrentar a doença, foram alguns exemplos dos recados colocados no mural.
“Todos podem fazer algo pelo outro. A diferença está entre querer, e de fato, fazer. Só realiza quem tem a capacidade de ter empatia pela dificuldade do outro. Ficamos muito felizes com essa iniciativa”, relata Margarete Argenta, presidente da CAPO. 
Eduardo Frediani, diretor da Odebrecht Ambiental, reforça a importância da população apoiar entidades como essas. “São pessoas que dedicam grande parte do seu tempo para auxiliar na melhoria de qualidade de vida de quem precisa. O trabalho feito por essas entidades é um exemplo de que podemos sempre fazer mais pelo próximo”, afirma. Com informações da Odebrecht.

Católicos encerram Ano Litúrgico

O último domingo (20) do Ano Litúrgico 2016, marcado pela Solenidade de Cristo Rei e o Encerramento do Ano Santo da Misericórdia, foi de oração, confraternização e lazer para os casais integrantes do Movimento Encontro de Pais com Cristo (EPC), de Uruguaiana.
O dia de recolhimento aconteceu no Centro de Formação Diocesano e reuniu diversos casais que puderam refletir sobre a importância do Movimento EPC na vida da família. O casal Arnildo e Marbel Bolson, do Movimento de Cursilho de Cristandade (MCC), conduziu a primeira reflexão do encontro. À luz da passagem evangélica das Bodas de Caná (Jo 2,1-11), eles destacaram a importância de uma mudança nas famílias, onde cada uma é motivada a deixar Cristo transformar a água, muitas vezes estragada nos lares, em vinho novo. “A transformação da água em vinho novo, em nossas famílias, só é possível a partir do nosso esforço. Cristo faz a sua parte e nós o ajudamos”, comentaram.
Os casais também vivenciaram um momento forte de oração, com a Adoração ao Santíssimo Sacramento. A Carmen Lúcia e o Serginho, do Movimento da Renovação Carismática, juntamente com o padre Jonison Mallmann, conduziram o instante.
A última reflexão do dia, apresentada pelo padre Evandro Carvalho, fez os integrantes do movimento pensarem sobre a necessidade de recordar o sentido do EPC em suas vidas e reacender os propósitos de participação. O encontro encerrou com a Santa Missa, convidando os casais a darem graças pelo domingo de retiro e fortalecerem a partir de agora a caminhada no movimento.
Com informações da Diocese de Uruguaiana.

Reajuste do Salário Mínimo e benefícios previdenciários será de 7,5%

Relatório preliminar da peça orçamentária de 2017, aprovado nesta quinta-feira (24) pela Comissão Mista de Orçamento do Congresso Nacional, prevê um reajuste de 7,5% nos benefícios previdenciários para o próximo ano, incluindo aqueles que correspondem ao piso (salário mínimo) e também o teto do Instituto Nacional do Seguro Social. O percentual de 7,5% corresponde à estimativa do governo para a inflação de 2016 medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que serve de base para correção dos valores em 2017.
Com isso, o valor do benefício que equivale a um salário mínimo, atualmente em R$ 880, subiria para R$ 945,80 no próximo ano. Já o teto do INSS, ou seja, o valor máximo do benefício pago pela Previdência e que hoje está R$ 5.189,82, passaria para R$ 5.579,06.
Esses valores, porém, são preliminares. Pelas regras, o governo só é obrigado a reajustar os benefícios previdenciários pelo valor efetivo do INPC do ano anterior. O índice de 2016, porém, só será conhecido no começo de 2017.
Na semana passada, pesquisa com mais de 100 instituições financeiras, realizada pelo Banco Central, apontou para um INPC um pouco menor, de 7,38% para este ano. Se confirmado, desobrigaria o governo de conceder o percentual de 7,5% estimado no relatório do orçamento.

Ônibus de Uruguaiana terão bilhetagem eletrônica

Daiany Mossi

Na quarta-feira foi realizada a apresentação do sistema de bilhetagem eletrônica que será utilizado no transporte coletivo urbano de Uruguaiana. A apresentação ocorreu no salão nobre da Prefeitura Municipal.
“O sistema de bilhetagem eletrônica que estamos implantando é o mesmo que opera, com sucesso, em muitas cidades brasileiras e no exterior. Ele utiliza tecnologia Mifare, que tem entre as principais vantagens, a facilidade de uso, a velocidade de processamento e segurança contra fraudes”, disse o prefeito Luiz Augusto Schneider.
Conforme Schneider, o sistema oferece mais segurança para funcionários e usuários. “Inteligente, prático e seguro, com ele é possível recuperar os créditos em caso de perda, roubo ou danos ao cartão. Permite mais agilidade no embarque, reduzindo o tempo de viagem. Além disso, o sistema garante o emprego dos cobradores, já que é ele quem continua dando o troco e sendo o fiscal dos cartões com restrições de uso”, finalizou.
Nos próximos dias, a Secretaria de Transporte estará trabalhando juntamente com a empresa responsável pelo sistema na adaptação da bilhetagem eletrônica.

AL aprova propostas de emenda ao Orçamento do Estado

Gabriela Barcellos
Os deputados que integram a Comissão de Finanças, Planejamento, Fiscalização e Controle, da Assembleia Legislativa, aprovaram na quinta-feira, 24/11, o relatório do projeto de lei (PL 194/2016) relativo ao Orçamento Geral do Estado para 2017. Foram sete votos favoráveis e quatro contrários ao parecer do relator, deputado Marlon Santos (PDT). No texto, foram incluídas propostas nas áreas da Saúde e da Infraestrutura efetuadas pelos deputados que compõe a Bancada do PSDB.
O líder da bancada tucana, deputado Pedro Pereira explicou que o PSDB apresentou emendas ao Orçamento do Estado com base nas reivindicações das comunidades gaúchas solicitadas aos parlamentares no decorrer deste ano e ressaltou que as propostas apresentadas pelos tucanos não geraram receitas extras ao orçamento realista elaborado pelo governo do Estado.
O relatório do orçamento segue agora para votação em plenário na próxima terça-feira, 30/11.

Câmara se reuniu em João Arregui

Gabriela Barcellos

Atendendo a determinação do Regimento Interno, o Parlamento Uruguaianense se reuniu no interior do municipio nesta quinta-feira, 24/11. A sessão ordinária ocorreu na escola municipal de ensino fundamental Alceu Wamosy, na localidade de João Arregui.
De acordo com a casa legislativa, o objetivo da medida é aproximar a Câmara de Vereadores da comunidade, especialmente a do interior, que muitas vezes não possui condições de acompanhar as ações do Poder Legislativo, além de ouvir as demandas de cada uma das comunidades da zona rural e conferir de perto suas necessidades.
A sessão teve aprovação de requerimentos, discussão de projetos, apresentação de matérias e indicações, além de ter sido oportunizado aos moradores locais o uso da palavra para apresentação de demandas e reivindicações. Entre os medidos está a instalação de água encanada na sua propriedade. O assunto será tema de requerimento da Mesa Diretora.

Concessão à Aefro: Plenário derruba parecer e mantém tramitação de PL

Gabriela Barcellos

A Câmara de Vereadores concluiu na manhã de quinta-feira, 24/11, a sessão ordinária iniciada na terça-feira., 22/11, e que foi sobrestada por conta do projeto de lei 107/2016, que autoriza o município a conceder direito real de uso de área à Associação de Eventos da Fronteira Oeste (Aefro). A matéria recebeu parecer desfavorável da Comissão de Justiça e Redação. Porém, considerando o mérito do projeto, os vereadores decidiram sobrestar (suspender) a reunião antes de o parecer desfavorável ser votado em plenário para que o projeto não fosse arquivado, mas pudesse ser analisado pela Comissão de Serviços Municipais, Saúde, Educação, Segurança Pública, Desenvolvimento Econômico e Mercosul. No dia seguinte a comissão se reuniu com um representante da Aefro e com o procurador-geral do município, Mateus Henrique de Carvalho, a fim de esclarecer dúvidas a respeito do tema.
Já nessa quinta-feira, os vereadores votaram e derrubaram o parecer da Comissão de Finanças e Orçamento, encaminhando o projeto para apreciação da Comissão de Serviços Municipais.
A Comissão agora irá analisar o mérito do projeto e emitir  um parecer, que será votado em plenário.

Painel Ed.2688

Visual novo por causa nobre

Ontem, 25/11, a líder da Turminha mais querida do Brasil trocou seu famoso vestidinho vermelho por um laranja! A Dona da Rua não costuma mudar o seu incrível visual, mas o fez por uma causa para lá de especial. Mônica, que já é um exemplo de força para meninas e mulheres, se juntou à ONU Mulheres (Entidade das Nações Unidas para a Igualdade de Gênero e o Empoderamento das Mulheres) na celebração do Dia Laranja. A participação da Mauricio de Sousa Produções faz parte do projeto #DonasdaRua, que visa trabalhar conceitos como a autoestima das meninas e seus direitos a oportunidades. A ação integra os 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra as Mulheres iniciados no último dia 20.

Aniversário

O médico cardiologista Fábio Marcanth da Mota comemora hoje, 26/11, mais um ano de vida. Um dos profissionais mais qualificados da área, Mota atua no Instituto de Cardiologia e já salvou muitas vidas.

Itinerante

Nesta segunda-feira, 22/11, o Centro de Tecnologia em Pecuária (CTPEC) da Unipampa realizou uma edição itinerante da Noite da Pecuária em Manoel Viana, com a presença de expressivo número de produtores, técnicos e estudantes. O tema foi o carrapato bovino, com palestras ministradas pelo médico veterinário Leandro Silva e o professor da Unipampa, Tiago Gallina.

Maturidade Ativa

Um grupo de 1,5 mil idosos de Uruguaiana, Alegrete, Bagé, Dom Pedrito, São Borja, e Santana do Livramento participaram da XIII Convenção Maturidade Ativa Sesc. Ao longo de quatro dias (de 21 a 24), eles participaram de oficinas de grafitagem, paddle, bad minton, tecnologia, dança, pescaria, hidroginástica, música, futebol, tai chi chuan, entre outros, além de minitorneio de Beach Câmbio, bailes e apresentações culturais. A convenção ocorreu em Torres.

Baita
Neste Natal terá festão no Baita Bar. O Baita Natal da Galera começa às 23h59 do dia 24/12 e se estende até às 8h do Dia de Natal. A estrutura inclui pista, longe e bares. Djs tradicionais que animarão a festa com músicas com músicas para todos os gostos, do Pop ao Eletrônico, do Hip-hop ao Funk.

Agrinho I
Terminou ontem, 25/11, o prazo de inscrições de trabalhos para o 14º Programa Agrinho, do Serviço de Aprendizagem Rural do Estado (Senar RS). As escolas públicas cadastradas podem enviar suas produções através de postagem para a sede do Senar RS, em Porto Alegre. A expectativa é de que o montante de trabalhos alcance 7,5 mil, inscritos nas onze categorias disponíveis.

Agrinho II
Anualmente, é selecionado um tema para o projeto, que neste ano aborda a saúde. Dirigido a crianças e adolescentes no interior, o programa visa desenvolver ações que propiciem o despertar da consciência de cidadania, além do acesso a informações relativas à saúde e preservação do meio ambiente, com vistas à melhoria da qualidade de vida.

Selo I
Os Correios encerram na próxima quarta-feira, 30/11, o prazo para recebimento de sugestões de selos postais para os anos de 2018 e 2019. As propostas que estiverem de acordo com os critérios definidos pela portaria 500/2005 do então Ministério das Comunicações serão encaminhadas à Comissão Filatélica Nacional, que definirá aquelas que serão transformadas em selos.

Selo II
Desde 2000, quando foi lançado o programa “Sua ideia pode virar selo”, os Correios têm recebido, em média, 1,3 mil sugestões por ano, a maioria delas destacando personalidades e datas comemorativas. Além desses, temas como cultura popular, fauna, flora, meio ambiente e turismo também podem ser sugeridos.

Selo III
A população em geral pode participar. É preciso preencher um cadastro disponível no site dos Correios (www.correios.com.br), clicando no banner “Sua ideia pode virar selo”.

Pecuária I
A pecuária de corte é o tema da próxima edição do projeto Noite da Pecuária, desenvolvido pelo Centro de Tecnologia em Pecuária (CTPEC) da Universidade Federal do Pampa (Unipampa), que acontece no próximo dia cinco às 19h, no Salão Nobre do Parque Agrícola e Pastoril.

Pecuária II
O painel ‘Cenários para a pecuária de corte’ terá a palestra ‘Estratégia para as exportações do Rio Grande do Sul’, a cargo do presidente da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec) e ‘Cenário e perspectivas: situação atual e alternativas para a pecuária gaúcha’, a cargo do sócio e coordenador da Divisão Pecuária da Empresa Agroconsult’, Maurício Palma Nogueira.

Parque
Ocorreu ontem a audiência pública de apresentação do projeto executivo do Parque do Rio Uruguai. O evento foi às margens do Rio Uruguai, em uma tenda junto à Santinha.

Bingo!
Hoje, 26/11, a partir das 19h30min, acontece mais uma edição do tradicional Bingo Beneficente para o Setor de Nutrição do Hospital da Santa Casa de Caridade. Cada cartela custa R$ 7 e pode ser adquirida antecipadamente na Padaria Irmãos De Rosso (Santana esquina Treze de Maio). O evento acontece na sede do Lions Clube Uruguaiana Três Fronteiras.

Na praça
Entre os dias nove e onze acontece o Cidade na Praça. No primeiro dia a programação acontece das 19h às 22h e nos dez e onze, das 10h às 22h, na Praça da Esplanada da Estação. Vai rolar DJ, shows com artistas locais, brechós, gente bonita, gastronomia, literatura na rua, esporte, conscientização sobre o meio ambiente, segurança, espaço Zen, entre outros.

Ed. 2688 - Calote dos governos pode fechar Santa Casa

Clique aqui para ler a edição digital..
  1. Para sair desta maré
  2. Visual novo por causa nobre
  3. Baita
  4. Aniversário
  5. Itinerante
  6. Pecuária I
  7. Pecuária II
  8. Agrinho I
  9. Agrinho II
  10. Parque
  11. Maturidade Ativa
  12. Bingo!
  13. Selo I
  14. Selo II
  15. Selo III
  16. Na praça
  17. Inicia tramitação do PLC que institui Código de Ética
  18. Câmara se reuniu em João Arregui
  19. AL aprova propostas de emenda ao Orçamento do Estado
  20. Plenário derruba parecer e mantem tramitação de PL
  21. Ônibus de Uruguaiana terão bilhetagem eletrônica
  22. Reajuste do Salário Mínimo e benefícios previdenciários será de 7,5%
  23. Católicos encerram Ano Litúrgico
  24. Odebrecht entrega doações para entidades assistenciais
  25. Associados da Conexão Delta G comemoram resultados na primavera
  26. Farsul mantém cobrança por ações do Mapa em relação ao trigo
  27. Destaques HB 2016 serão conhecidos no dia nove
  28. ABHB convoca reunião da diretoria
  29. Polícia Civil deflagra Operação Consumo Seguro II
  30. Incêndio mata uma pessoa
  31. Mulher perde a vida após acidente na BR-290
  32. Uruguaianense executado com 15 tiros em Florianópolis
  33. Homem é preso por furto
  34. Cerimônia de encerramento do 8º Siepe premia 48 trabalhos
  35. Inscrições vão até o dia 2/12
  36. Professores discutem formas de implementar as ações do pacto
  37. Jornada Literária movimenta comunidade
  38. Manuella Antunes lança o livro do Diário Que Minha Mãe Não Leu
  39. Robin Hood ganha data de lançamento
  40. “Aquarius” disputa Oscar do cinema independente de melhor filme estrangeiro
  41. Mechas Californianas Para Cabelo Castanho
  42. Camila Pitanga volta ao nordeste após morte de Domingos Montagner
  43. Reprise de “Senhora do Destino” gera memes na web
  44. Casados! André Gonçalves conta que formalizou a união com Winits

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Fomos à guerra e voltamos


Por Leonardo Cendón

Fazia calor na rodoviária de Pantano Grande quando paramos pela terceira ou quarta vez na viagem. A cigana velha que tentara me vender uns tapetes, agora lia minha mão. Eu viveria até os 120 e precisava fazer um sinal com dinheiro para abrir as pernas de um amor que não deu certo. Quando expliquei que não gosto de misturar dinheiro com espiritualidade, me rogou uma praga:
- Tu vais perder um braço e uma perna.
Com três horas de estrada por percorrer, não era exatamente um tiro na lua. Talvez ela acertasse. Mas àquela altura, seis horas de chão às nossas costas, não havia o que fazer.
- Então vou ter que pular num pé só - respondi, e voltei para junto dos membros da TOURU, com quem viajava. O dia era de paz. À noite, sabíamos, algo muito ruim nos esperava em Parobé.
A atmosfera de ódio que se manifestou na primeira partida da final fora irresponsavelmente alimentada ao longo da semana. Como em toda guerra, aqueles que a começaram e os que mais a incentivaram não apareceram lá para lutar. Em vez deles, pais de família e jovens apaixonados pela Associação Uruguaianense na esperança de presenciar a conquista do Campeonato Estadual de Futsal Série Bronze.
Jogar fora de casa nesses termos é ser recebido com rojão embaixo do ônibus e pedrada na janela. É ler ameaça de morte pela internet antes de sair. Dentro da quadra, melhor ser surdo ou não ter mãe. Sempre quatro ou nove ou trinta mal-encarados rosnando, as vezes a menos de um braço de distância. Chuva de cuspe.
É do jogo.
Dias antes anunciaram que não haveria policiamento no local. O ginásio não havia sido liberado pelos bombeiros e a Brigada não se responsabilizava. A presença de torcedores uruguaianenses então tornou-se uma questão de segurança. “Joguem a bola de vocês, guris. Se der problema a gente tá aqui”.
Rostos conhecidos, em bom número. Pergunte a um jogador, técnico ou massagista se isso faz alguma diferença.
Ao primeiro encontro com a torcida adversária, relaxamos. Em frente ao Ginásio Municipal de Parobé, os torcedores uniformizados locais eram em sua maioria garotos. Não seriam e não foram eles os protagonistas da selvageria mais tarde.
Cantos, bandeiras, rojões, corneta saudável, foto com criança, amizade no bar em diagonal. Uruguaiana paz e amor. Aparentemente, a missão ali seria apenas cantar o mais alto e bater palmas o mais forte que conseguíssemos, pelo maior tempo possível. Perdíamos em volume, mas a constância permitia nos ouvir a uma quadra e meia de distância quando eles cansavam.
Éramos pouco mais de sessenta, calculo, incluindo as gurias guerreiras cuja ousadia me lembrou os argentinos da Copa. Encararam nove horas de viagem sem ao menos ter ingresso garantido e boa parte delas foi impedida de entrar mesmo portando o ingresso. Ficaram ali fora, sentadas na escadaria. Os braços apoiados nos joelhos, frustradas. Expostas, porém firmes. Mais tarde eu veria uma mulher grávida tentando se proteger no meio de um cenário de guerra. Pensei nos homens que durante a semana me diziam “vamos lá, vamos cagar eles a pau”, e agora se preparavam para ouvir o jogo pelo rádio, assando uma carne a 701km dali.
Dentro do ginásio havia duas áreas destinadas à torcida uruguaianense. Numa ficaram basicamente homens. A outra, bem distante, era um cercado tipo camarote de balada onde ficou a maioria das mulheres, as que conseguiram entrar. Essa divisão foi ingrediente importante na receita que produziu o tumulto, embora eu não saiba dizer se foi espontânea ou premeditada.
A confusão se deflagrou quando elas comemoraram o 3x3 que nos daria o título a 10 segundos do fim e foram hostilizadas pela torcida local. Alguns uruguaianenses correram para acudir. Antes do meio do caminho, toparam com uma massa enfurecida que veio pra cima. Fechou o temporal na arquibancada.              
Batalha campal. Eles vinham em grandes ondas e era um mar agitado, vento contra. Os mais pacíficos ou assustados tentavam apaziguar, embora o terreno não fosse lá muito fértil para diplomacia por causa das mesas voando, punhos zunindo perto da cabeça e outros empecilhos.
Batia-se tanto quanto se apanhava, mas era preciso fazer as contas. Numa proporção de um nosso para três deles, mais os que ainda tentavam chegar para tirar uma casquinha, não seguraríamos muito tempo.
Quando já nos encurralavam, veio a fumaça amarelo esverdeado. Com olhos ardidos e gosto de soda na boca, os da linha de frente pensaram “será a polícia?”, mas não havia. Ali, os mais valentes eram a polícia. A manobra heróica de disparar jatos do extintor de incêndio, improviso de um homem astuto, dispersou os agressores tempo suficiente para descermos até a quadra.
Lá embaixo ainda estavam ambos os times, comissões técnicas e gente que também havia invadido. Quando parecia que ia acabar, o bicho pegava novamente. Brigas menores e mais espalhadas, correria e muita bateção de boca. Havia pontos de conflito e também zonas neutras, mas a boca do túnel virou Faixa de Gaza.
Alguns Parobeenses ajudavam, é verdade. Outros se ocupavam de dar uma surra num pobre diabo e a cena foi narrada ao vivo no rádio. “Trinta batendo em um”, mas Fabio Puget não sabia se o infeliz era de Uruguaiana. Quando as bofetadas são distribuídas generosamente, sem excluir o pessoal da imprensa, fica difícil saber qualquer coisa. Nossos telefones pipocaram com mensagens de amigos e parentes apavorados - não que desse para olhar o telefone naquela hora - mas este que apanhou bastante não era um dos nossos. O rapaz seria de Taquara, embora ninguém saiba explicar o que ele estaria fazendo lá. Apreciadores da pancadaria estão sempre atentos a oportunidades de praticar este esporte.
Com alguma sorte conseguimos todos nos entrincheirar no vestiário abafado. O cheiro acre de suor era desagradável, mas ninguém reclamou. Saímos de lá quando finalmente chegou meia dúzia de policiais para nos escoltar. Devem ter nos levado até o trevo. Não dá para saber com as cortinas fechadas e mochilas protegendo as janelas. Trazíamos poucos hematomas, alguns arranhões e a taça.
Na manhã de domingo fomos surpreendidos por centenas de Uruguaianenses esperando a delegação na entrada da cidade, caminhão dos bombeiros preparado para a carreata. Não há como dimensionar o significado dessa conquista para Uruguaiana. Muito menos descrever o sentimento que nos arrebata a cada jogo da Associação. Adultos choram e riem feito crianças, abraçam desconhecidos e cantam sem voz. Por algumas horas, a vida é uma epopeia e não algo que se resume em trabalhar, comer, dormir e trabalhar de novo. Se tu sabes do que estou falando, não preciso te explicar. Se não sabes, não consigo.
A semana é de festa, mas por detalhe não foi de tragédia. Agora estamos celebrando um título, mas poderíamos estar chorando uma morte. Longe do “Schmidtão”, onde a Brigada e a ROMU mantêm a civilidade, fico me perguntando: o que teria acontecido aos jogadores e comissão técnica de Uruguaiana, não fosse a presença dos poucos torcedores que lá estavam? Os faladores incitaram a violência e depois ficaram aqui, no conforto de suas casas. Eles sabem que touro em campo alheio é vaca. Eles sabem que desprotegida a delegação volta inteira, ou volta campeã. Jamais as duas coisas.
A federação omissa e delirante permite realizar um evento deste porte sem policiamento. Sugere um mínimo de quatro seguranças particulares contratados pela equipe da casa. Segundo a LIGA FUTSAL RS, oito braços e pernas são suficientes para conter outros trezentos braços e pernas que socam, chutam e arremessam mesas, capacetes, pedras, gavetas, garrafas e latões. Parece piada, mas está no regulamento. Artigo 9º, parágrafo 1º. O mesmo regulamento que estabelece no artigo 8º: as partidas só serão realizadas em ginásios que estiverem com todos os seus alvarás liberatórios em dia.
Minha vaidade quer acreditar que eu e os outros torcedores lá presentes ajudamos a trazer esta taça. Que arriscamos o pelo numa espécie de dever patriótico. Que Noninho e companhia se dispuseram a representar nossa cidade e nossa cultura sem sequer receber um salário e nós não poderíamos deixar de apoiá-los e defendê-los do perigo. A verdade é que somos um bando de inconsequentes.
Em Parobé nos gritaram “volta pra fronteira”. Voltamos campeões. Ou melhor, “a Associação voltou”.